Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Os vírus mais curiosos de 2009

Os vírus mais curiosos de 2009


O pessoal do Pandalabs teve a idéia de relacionar os vírus mais curiosos do segundo semestre de 2007.

Destaque para o I-phone, praga virtual que leva os visitantes do site da Apple a uma página falsa, que oferece o aparelho para a compra. Comprou, agora já era.

Veja a lista completa do Panda Labs e a classificação dos vírus, de acordo com suas características:

O Moderninho
: Chama-se Ai fone. Uma vez instalado em uma máquina, essa praga fica monitorando os passos do internauta. Quando ele visita o endereço do iPhone, novo celular da Apple, é redirecionado para uma página falsa, que oferece o aparelho para a compra.

O Sequestrador: É o Sinowal.FY. Trata-se de um trojan projetado para codificar os arquivos de um PC e obrigar o usuário a comprar um ferramenta para decodificá-lo.

O Jogador
: O nome é RogueMario.A. Este vírus ataca PCs oferecendo a instalação grátis de uma versão do famoso game Mario Bros.

O Poliglota: Vírus como o MSNFunny.B, o Mimbot.A e o MsnSend.A são capazes de enviar mensagens infectadas em dezenas de idiomas.

O Cabo Eleitoral: O Voter é uma praga que o sofrido povo do Quênia a participar das eleições presidenciais do país, mostrando, a cada nove segundos, a imagem de um candidato ao posto.

O Imitador: O Sohanat.DB mim pede o acesso a vários sistemas de buscas, direcionando os incautos a um página semelhante à do Google. Quem cair na armadilha e fizer pesquisas nessa página falsa vai parar em sites pornográficos repletos de códigos maliciosos.

O Paparazzi: O AttachMsngr.G é um trojan interessado em saber o que sua vítima está fazendo no computador. Ele captura as pulsações do teclado, os movimentos do mouse e rouba as conversas travadas no MSN Messenger


0 Comentario "Os vírus mais curiosos de 2009"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.