Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Comércio Eletrônico tem previsão de alta de 25% no faturamento do primeiro semestre de 2009.

O primeiro semestre de 2009 aponta para um crescimento aproximado de 25% no faturamento do Comércio Eletrônico no Brasil, segundo estimativa da camara-e.net e da e-bit.

Os fatores que mais influenciaram este alto crescimento foram: a entrada de novos e-varejistas (Wal-Mart e Casas Bahia, por exemplo); a retomada das condições de financiamento vigentes antes do início da crise econômica mundial; a queda do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de eletrodomésticos e; a deflação presenciada na web. Este cenário positivo contribui para que os números do e-commerce continuem superando de forma substancial os índices de crescimento do varejo físico, setor que até maio/09 havia crescido 10,3%.

Assim, o desempenho das vendas na Internet de janeiro a junho deve superar as expectativas que previam um faturamento bruto de R$ 4,5 bilhões (crescimento de 20%), pois já se admite que esse valor poderá atingir, pelo menos, R$ 4,75 bilhões (crescimento de 25%).

Segundo pesquisa da e-bit, a Intenção de Compra dos e-Consumidores no 3º trimestre de 2009 atingiu seu maior nível histórico, ou seja, 86,1% dos internautas entrevistados pretendem fazer compras pela Internet.

Gerson Rolim
Diretor Executivo
Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico

 

 

 

VAGNER FERNANDES DAVID  Pride Commerce  |  www.pridecommerce.com  |   11 9766-8986  |  18 9781-2575 |  18 8806-8356

 

 

0 Comentario "Comércio Eletrônico tem previsão de alta de 25% no faturamento do primeiro semestre de 2009."

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.