Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Como ser um vendedor (melhor)?



Você é vendedor? Talvez esteja pensando em ser um. Mas como vender produtos e serviços? Para algumas pessoas, esta é uma tarefa muito simples, parece que existem pessoas que “já nasceram para isso”. Mas mesmo que você não tenha as técnicas de vendas nas veias, você pode aprendê-las. Existem algumas regras e dicas fáceis para você que já é ou está pensando em ser vendedor. Vamos dar uma olhada nelas.
Por Alexandre Bigaiski
Cada vendedor tem o seu jeito, a sua maneira de vender o seu produto ou o produto do seu cliente. Existem vendedores simpáticos, objetivos, rápidos etc. Seguindo algumas dicas simples, você verá como todo esse processo pode ser simplificado. Vamos ver os principais itens de uma venda, em cinco passos.

Passo um: Chamar a atenção

Para que uma venda seja bem sucedida, você precisa chamar a atenção da pessoa para a qual você quer vender. Em primeiro lugar, você deve se vestir adequadamente. Ninguém dará atenção a um vendedor que usa bermuda e chinelo. A atenção você pode chamar com uma frase de efeito, com uma roupa que condiga com o produto ou serviço que você quer vender, com a apresentação correta do produto, etc.
Seja organizado. Não deixe os seus papéis amassados dentro da pasta. Não ande com roupas amassadas. É preciso que o vendedor crie um atrativo ou diferencial do produto e da publicidade para chamar a atenção dos seus futuros clientes, aliado à apresentação pessoal.

Passo dois: Despertar o interesse

O seu futuro cliente vai se perguntar como o seu produto ou serviço pode ajudá-lo. Explique a ele. Diga o que o seu produto ou serviço pode oferecer para ele ou para a sua empresa. O que esse produto pode trazer de bom para ele? Como ele pode mudar a sua vida ou a da sua empresa? Você precisa conhecer bem a pessoa para quem quer vender o seu produto, quanto mais você conhecê-la, mais saberá do que ela precisa. Se ela se interessar pelo seu produto, já é um grande passo.
Você pode oferecer produtos adequados ao negócio do seu cliente. Se, por exemplo, ele for um surfista, ofereça um cartão de visita em PVC, que é mais resistente à água. Se for uma clínica estética, para emagrecimento, você pode oferecer uma filipeta em vez de um flyer. Um papel timbrado, para uma empresa ambiental, pode ser produzido em papel reciclato.

Passo três: Despertar o desejo

Apresente todos os benefícios do produto. Você pode apresentar o seu próprio material gráfico publicitário como exemplo para ele. O cliente pode ver pessoalmente como o material valoriza a apresentação pessoal ou da empresa. Isso dará a ele a segurança de que está comprando algo importante e confiável para si. Não basta ele estar interessado no produto, ele tem que desejar este produto, e ver este produto pessoalmente facilita a decisão de compra.

Passo quatro: Convencer

Se possível, apresente depoimentos de clientes que ficaram satisfeitos com o produto que você vendeu a elas. Mostre o maior número possível de dados concretos sobre as vantagens de comprar o seu produto.
Além disso, você pode apresentar a ele outras sugestões de produtos que facilitariam a vida dele. Nem sempre o cliente sabe exatamente o que precisa, faz parte da sua tarefa também indicar a ele produtos que ele possa usar em favor da sua publicidade. Exemplos disso são: um cartão PVC com desconto; um adesivo para identificação de seus produtos com o seu telefone, para a pessoa ter sempre à mão o contato da empresa etc.

Passo cinco: Vender

Esta é a hora da ação final. Vamos fechar o contrato e efetuar venda. Existem vários tipos de futuros clientes. Alguns são mais ativos, outros mais passivos. É mais fácil negociar com os passivos, pois eles estarão mais dispostos a seguir o que você diz. Neste caso, você deve conduzir o fechamento da compra, já preenchendo os papéis e realizando os procedimentos necessários para efetuar a compra e somente pedir a assinatura dele.

Dicas finais

Uma das coisas importantes que você deve saber sobre vendas é que você deve fechar uma venda entre quinze e vinte minutos. As pessoas não têm muito tempo para ser perdido. Este é um tempo adequado para você falar o que precisa e fechar a sua venda. Nunca ultrapasse este tempo, a não ser que seja extremamente necessário e que você saiba que não vai aborrecer o seu futuro cliente.
Seja mais ativo. Tente fazer as ações necessárias para a compra. Por exemplo, começar a preencher os papéis, solicitando a ele os dados que você precisa.
Seja empático. Tente se comportar da forma como você percebe que ele gostaria que você se comportasse. Olhe em volta do ambiente dele, você vai encontrar muitas coisas sobre a sua vida, os seus gostos etc. Se você perceber que ele gosta de futebol, comente sobre futebol. Se perceber que ele gosta de filmes, comente sobre o último filme que você assistiu e o que achou dele. Uma das maneiras mais fáceis de convencer uma pessoa é falando sobre coisas que ela gosta, os seus hobbies, a decoração da sua sala, o tipo de música que ela gosta, a sua vida etc.
Não faça elogios falsos. As pessoas têm tendência a considerar falsas as pessoas que elogiam muito, ainda mais pessoas que não as conhecem bem. Entretanto, se o elogio for realmente sincero, você pode fazê-lo. A pessoa perceberá que é sincero.
A efetuação da compra não é o final de tudo. Pergunte para o seu cliente, depois de um tempo, se ele está satisfeito com o produto. Pergunte se o produto realmente está o ajudando. Mostre-se interessado no sucesso dele. Contato humano, pessoal, é fundamental nos dias de hoje. As pessoas darão muito mais valor a você, à sua marca, desde que você dê valor aos seus clientes. Sempre obtenha retorno do seu cliente para que você possa sanar outras necessidades que ele possa vir a ter. O hábito do retorno do cliente permitirá a sua fidelização.
As críticas e informações que você recebe do seu cliente são importantíssimas para que você saiba como andam os seus produtos. O folder aqueceu as suas vendas? Os clientes estão gostando do seu novo cartão de visita? As críticas e sugestões dos clientes são muito importantes para você melhorar os seus produtos a cada dia.
O mais importante de tudo é ser natural. Você não está fazendo nada de errado, então por que ter medo? Vá em frente! Apresente o seu produto, siga os passos das dicas de vendas, converse com o seu cliente como uma pessoa e não como um vendedor. Não seja formal nem informal demais, saiba equilibrar. Se ele não comprar o seu produto, pense que em uma próxima oportunidade ele pode comprar. Você provavelmente tem outros futuros clientes em vista, tem outras chances de vender o seu produto. Estude bem o seu produto, o mercado, os seus concorrentes para que você tenha argumentos suficientes para convencer o seu futuro cliente a comprar o seu produto.
Você concorda com tudo isso? O seu processo de vendas é diferente do citado neste artigo? Deixe que a gente saiba deixando um comentário.

E o seu processo de vendas, como é? Conte sua experiência pra gente!

0 Comentario "Como ser um vendedor (melhor)?"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.