Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

E-commerce terá expansão internacional em 2011


A Forrester divulgou que em 2011 o e-commerce deverá transpor fronteiras. Em 2010 alguns varejistas já iniciaram a sua expansão, com a Gap no Reino Unido e China, e a Zara, que lançou lojas virtuais em seis países da Europa.

E-commerce terá expansão internacional em 2011

O Canadá e o Reino Unido são os destinos mais procurados para varejistas online, mas os mercados emergentes prometem agitar 2011.

Uma pesquisa da McKinsey indica que mais de 75% das empresas pesquisadas esperam ver lucros de operações em mercados emergentes nos próximos cinco anos, sendo que metade delas espera que esse lucro represente acima de 25% do total.

Confira algumas tendências de e-commerce para 2011:

• Opções de frete internacional nas lojas virtuais;
• Investir em infra-estrutura interna antes de atuarem novos mercados;
• Centralizar os departamentos que cuidarão da expansão do e-commerce, utilizando a tecnologia para entender cada mercado global;
• A China está no topo da maioria das iniciativas de expansão web, um ator que favorece é a maior população online do mundo, com um mercado de quase US$ 50 bilhões, que cresce 25% ao ano.

O Brasil também é citado como um dos países promissores para a expansão do e-commerce. Alguns varejistas americanos tem aberto sites no país para atender demanda interna, é o caso do Walmart que lançou a tendência em 2008,e da Sephora que comprou 70% da loja brasileira Sack’s em 2010. Nos próximos 12 meses deve aumentar o interesse neste mercado que cresce acelerado.

0 Comentario "E-commerce terá expansão internacional em 2011"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.