Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Os princípios básicos do design

Os princípios básicos do designNo Design há quatros princípios básicos que devem ser aprendidos pelos iniciantes: Contraste, Repetição, Alinhamento e Proximidade, entendendo estes princípios você estará apto a começar.
Não se assuste, os nomes podem parecer diferentes, porém são mais simples do que você pensa. Com a prática saberá facilmente identificar cada um deles. Eles são itens indispensáveis de um bom planejamento gráfico. Eles são o Quarteto Fantástico do Design, nunca andam separados, são raras as vezes que isso ocorre.
Agora é hora de detalhar cada um dos princípios.


Contraste

Uma das definições que encontramos no dicionário para contraste é: Dessemelhança acentuada entre duas coisas. No contraste a palavra de ordem é ousar, ser criativo. Será o contraste que atrairá o olhar das pessoas para o seu material. Por isso, não tenha vergonha de se expor.
Para realmente ser um contraste os elementos devem se bem diferentes uns dos outros, senão não será contraste. Segundo Robin Williams, autora do livro Design para quem não é Designer, o princípio básico do contraste é, se dois itens não forem exatamente os mesmos, diferencie-os completamente.
O contraste pode ser aplicado em: fontes, cores, fios (linhas), relações espaciais, direções, entre outros.
Vamos ver alguns exemplos: uma letra grande pode ser contrastada com uma pequena; uma fonte em estilo antigo com uma fonte em negrito sem serifa; um fio fino com um fio grosso, enfim, há várias formas de fazer o contraste.
Sempre evidencie o contraste, não faça uma coisa leve e outra levemente, como já foi dito, seja ousado. Crie elementos que se tornem marcantes.
Outro propósito do contraste é organizar as informações. Evitando confusões durante a leitura ou mesmo fazendo com que fique monótono. Mas lembre-se que o contraste nunca deve confundir o leitor ou criar outro foco.

Repetição

Outro princípio do Design é a repetição, como o próprio nome diz é fazer com que os elementos visuais se repitam em todo o material. Assim você estará dando ênfase a determinados elementos além de organizá-los.
Elementos visuais como: cor, forma, textura, fontes, espessuras, tamanhos gráficos, entre outros, podem ser repetidos. Você precisa fazer com que esta repetição passe de imperceptível a algo marcante, de destaque e que unifique o material.
As repetições dão característica ao material, criando a sua identidade visual. Isso é claramente visto em jornais. Os cabeçalhos, as fontes, o layout em geral, faz com que você possa identificar a qual publicação determinada página pertence.
Não se pode exagerar nas repetições, os elementos podem se tornar excessivos. Use o bom senso.

Alinhamento

Não se deve colocar elementos aleatoriamente em um material, tudo deve seguir uma ordem. Um material bem diagramado tem uma aparência mais leve e melhor de ser compreendida.
Tudo em um material gráfico deve estar em conexão e isto é possível através do posicionamento. Muitas pessoas tendem a colocar as coisas no primeiro espaço em branco que encontram pela frente e não é assim que as coisas devem funcionar.
Mesmo os elementos estando separados, afastados fisicamente, cria-se entre eles uma linha invisível, que faz com que seu olhar siga em direção ao restante das informações de maneira ordenada.
Não utilize mais de um elemento em uma mesma página, ou seja, centralizado e alinhado à direita. Muitos iniciantes utilizam, de maneira automática, o alimento centralizado. Se e não for para algo com um objetivo formal não utilize, opte pelos demais elementos.

Proximidade

Se o seu material tem vários itens que se relacionam entre si, uma boa dica é utilizar o quarto e último princípio básico do Design, o da proximidade. Com este princípio o seu material ficará com um bom visual e uma leitura melhor.
Quando os elementos estão espalhados no material os olhos não seguem uma linha de leitura lógica. A proximidade serve para isso, aproximar os itens que se relacionam e fazer com que a leitura tenha começo, meio e fim, além de deixar tudo muito mais organizado.

Evite:

  • Elementos separados no material;
  • Colocar elementos centralizados ou nos cantos;
  • Deixar quantidades iguais de espaços em branco entre os elementos, a não ser que cada conjunto seja parte de um subgrupo;
  • Coloque cada título, subtítulo sempre junto de seus respectivos elementos;
  • Relacionar elementos que não precisam estar agrupados.

Lembre-se: para você ser um bom designer basta ter criatividade e ousadia. As demais coisas vos serão acrescentadas.

0 Comentario "Os princípios básicos do design"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.