Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Acabamos de chegar em 2014 - Veja o que será tendência nesse ano


Os quatro pilares da tecnologia que mais estão em alta no momento vão se manter firmes e fortes em 2014. Pelo menos é o que o analista da Frost & Sullivan Guilherme Campos acredita. A mobilidade, a cloud computing, o Big Data e o social continuarão sendo a base para diversas tendências globais em 2014.


Em um bate-papo com o especialista, listamos algumas das principais tecnologias mundiais que estarão em alta no ano que vem. Vale lembrar que o Brasil tem um atraso de dois ou três anos na adoção de algumas delas, devido à cultura e maturidade do mercado. No entanto, no quesito mobilidade, o país se mantém ao lado das regiões mais desenvolvidas, como América do Norte e Europa.



Mobilidade
Mais de 50% dos celulares habilitados no mundo serão smartphones. Com isso, os investimentos em 4G continuarão fortes para atender a demanda de dados dos usuários. Há ainda uma projeção de que os investimentos e iniciativas de SDN (Software Definied Networks) aumentem no próximo ano.
Outra tendência aguardada é a consolidação do NFC graças ao aumento de serviços de pagamentos móveis usando a nuvem. Por fim, o aumento dos dispositivos móveis no mundo vai manter em baixa a previsão de vendas dos desktops em 2014.

Cloud computing
Atualmente o mercado gira em torno de SaaS (software como serviço) e IaaS (infraestrutura como serviço), mas Guilherme acredita que a PaaS (plataforma como serviço) ganhará força, especialmente nos Estados Unidos. Por aqui, o IaaS ainda terá grande espaço.

Big Data & Analytics
Desde 2011 o termo ‘Big Data’ passeia pelas corporações e imprensa. Mas em 2014 as ferramentas de coleta e análise de dados vão se consolidar. A análise preditiva, que faz projeções de cenários e tendências futuras, será a mais procurada no próximo ano.
Junto dela, o ‘Big Security Data’ ou ‘Security Analytics’, entrará de mansinho no cenário. Campos afirma que as empresas fornecedoras passarão o próximo ano educando o mercado sobre o tema e se preparando para atender as demandas que chegarão a partir de 2014.

Social
As redes sociais de nicho, ou seja, redes sociais que focam em apenas um determinado assunto ou preferência como, por exemplo, o Lulu, ganharão destaque em 2014.
Apesar disso, o Facebook não perderá espaço para as novas redes. O investimento em marketing digital se tornará mais importante dentro das empresas, que passarão a utilizar os sites de relacionamento para reduzir custos com campanhas ou pesquisas, e tornar os produtos/serviços mais assertivos.
Para o analista, será possível ver muitas empresas trocando o trabalho de recrutadoras pelo Linkedin, além de companhias criando seus perfis corporativos nas redes mais famosas.

Geral
A ‘Internet das Coisas’ vai tomar corpo no ano que vem com grandes empresas do setor investindo na tendência, como a Intel e a Cisco. A ideia de disponibilizar conexão em todos os lugares para facilitar o acesso de grande parte da população mundial tem estimulando companhias a investir pesado na infraestrutura necessária.
Nos próximos 10 anos, a Cisco calcula um potencial de negócios da ordem de US$ 14 trilhões para a 'Internet das Coisas'. O ecossistema empresarial tem muito a ganhar com a ampliação da cobertura online, com destaque para melhor produtividade dos funcionários, eficiência operacional e inovação.

No varejo, por exemplo, os investimentos poderiam oferecer condições de analisar o comportamento do público com mais profundidade, impulsionar ferramentas de pagamentos móveis, monitorar vendas e gerar interfaces de comunicação mais eficientes. Campos lembra, contudo, que os setores de transporte e logística serão os maiores interessados na tecnologia no ano que vem.


Quer arriscar um palpite? Diga nos comentários abaixo quais serão as tendências tecnológicas em 2014.

0 Comentario "Acabamos de chegar em 2014 - Veja o que será tendência nesse ano"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.