Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

CEO do LinkedIn bate Zuckerberg como melhor chefe de tecnologia


O CEO do LinkedIn é o sujeito mais admirado pelos empregados que comanda. Ao menos é o que indica o ranking anual da Glassdoor divulgado nesta semana. Como Jeff Weiner venceu na listagem geral, ele também levou a melhor na disputa entre empresas de tecnologia.

A consultoria revelou que Weiner tem 100% de aprovação entre os funcionários do LinkedIn. Dois deles foram entrevistados anonimamente e explicaram que um dos motivos para a admiração é o fato o patrão propor uma cultura de "transparência completa".

No ano passado, como recompensa pelos bons resultados da companhia, Weiner surpreendeu a todos os funcionários presenteando-os com iPads mini. Todos os 3,5 mil empregados ganharam tablets, inclusive os da sede brasileira.

Em 2013, aliás, ele nem apareceu na lista da Glassdoor, que era liderada por Mark Zuckerberg (hoje 9º colocado). Dentre os chefes da indústria tecnológica, atrás de Weiner estão Paul Jacobs (Qualcomm), em 4º; Brad Smith (Intuit), em 6º; Zuckerberg; e Larry Page (Google), em 10º).

Reprodução

0 Comentario "CEO do LinkedIn bate Zuckerberg como melhor chefe de tecnologia"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.