Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Como escolher os talentos digitais?


 
 
Um relatório da Evenbase, empresa global de recrutamento, aponta que os mercados chave para contratação de profissionais digitais nos próximos 5 a 10 anos são nessa ordem: Brasil, India, China, Estados Unidos e Australia.
Duas perguntas que surgem desse fato são: O que caracteriza um profissional digital? O Brasil tem disponível profissionais digitais no volume esperado?
Sobre a primeira questão, o que diferencia o profissional digital do turista digital (aquele que parece digital, mas não é) é que o primeiro é muito familiar com a internet. Ele fala a linguagem da web de maneira nativa. O turista, por sua vez, só toca a superfície dos conceitos digitais. Quando você demanda conceitos mais elaborados, ele se perde. O nativo digital tem habilidades analíticas e é obcecado por medir as suas ações de marketing. Sua palavra de ordem é ROI. Para o turista digital, medição é um elemento secundário (no melhor dos casos). 
Para ele, o principal componente do marketing é o BRANDING. O nativo digital é altamente conectado, tendo muitos assinantes no seu blog, seguidores no Facebook, Twitter e/ou LinkedIn. O turista digital possui uma pasta cheia de cartões de contatos. O nativo digital é um profissional com grandes habilidades em gerar conteúdo. Ele usa os canais digitais para difundir o conteúdo das marcas para as quais trabalha e gerar interação com o mercado. O turista digital está mais preocupado em conseguir verba para desenvolver ações baseadas em compra de mídia.
A segunda questão é bem mais fácil de responder: não, o Brasil não tem nem de perto o volume necessário para atender a demanda de profissionais digitais do presente e do futuro próximo.

Por Ricardo Pomeranz, Global Chief Digital Officer e membro do board global do grupo Rapp Worldwide. Publicado originalmente no Administradores

0 Comentario "Como escolher os talentos digitais?"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.