Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Mobilegeddon: o que é e como sobreviver à nova mudança do algoritmo do Google

Google Mobilegeddon
No dia 21 de abril, o Google anunciou uma mudança no seu algoritmo (também conhecido como Mobilegeddon) que impacta diretamente nos resultados orgânicos para buscas feitas em celulares. Isso significa que, quando um usuário fizer uma busca pelo celular, o Google classificará primeiro as páginas que estejam otimizadas para dispositivos móveis.

Como o Mobilegeddon afetará a minha loja?

Se o seu site não for mobile-friendly, quando uma pessoa fizer uma busca pelo celular com um termo relacionado ao seu negócio provavelmente você não aparecerá nos primeiros resultados. E o que é pior: se os seus concorrentes tiverem um design responsivo (adaptado para celulares), eles devem aparecer primeiro e conquistar todos os potenciais clientes.
Se o seu site recebe uma porcentagem significativa de visitas vindas de dispositivos móveis é fundamental que você esteja atento a essa mudança de algoritmo do Google; e se o tráfego de celulares ainda não é muito representativo para o seu negócio, é igualmente importante que você adapte a sua página para esses dispositivos, caso contrário, você nunca aparecerá nas buscas de celulares e isso fará com que a sua loja virtual perca clientes.
Importante: o Mobilegeddon afeta apenas as buscas vindas de celulares; os resultados orgânicos de tablets e desktop continuarão sendo entregues da mesma forma como foram até agora.

Como saber se meu site está adaptado para celulares?

O Google oferece uma ferramenta para testar se sua página é mobile-friendly. Introduza a URL do seu site na ferramenta e ela analisará se você possui um design responsivo ou não. Veja um exemplo:
 
Outra maneira de comprovar se o Google já considera seu site como mobile-friendly é fazer uma busca pelo seu smartphone e verificar se no resultado aparece a etiqueta “Para Mobile”. Assim:
Google Mobilegeddon

Ok, entendo. E o que devo fazer para que a minha página seja mobile-friendly?

 

Se você trabalha com a nossa plataforma e utiliza algum dos nossos layouts otimizados para celulares, não há por que se preocupar: você já está protegido contra o Mobilegeddon! 
Se o seu site não tem um design responsivo, recomendamos que você peça ao seu designer ou programador que crie uma versão mobile do mesmo (texto maior, tempo de carregamento menor, elementos distribuídos de maneira que caibam no layout de um celular, etc).
Enquanto isso, temos uma dica que servirá provisoriamente para que você não desapareça por completo das buscas vindas de celulares: como o Mobilegeddon só afeta os resultados orgânicos, você pode, caso invista em links patrocinados (Google Adwords), aumentar a oferta dos seus anúncios para ter certeza de que a sua página irá aparecer quando alguém buscar algo relacionado ao seu negócio.

Importante: vale deixar claro que quando alguém busca diretamente o nome da sua marca seu site continuará aparecendo na primeira página de resultados porque a relevância continua sendo mais importante do que o caráter mobile-friendly. 

Resumo

Cada vez mais as pessoas têm acessado páginas e comprado produtos através de dispositivos móveis. Se você não quiser perder clientes, é bom que sua loja online esteja adaptada para celulares

0 Comentario "Mobilegeddon: o que é e como sobreviver à nova mudança do algoritmo do Google"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.