Hospedagem Grátis

Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Registrar empresa abre oportunidades, veja o passo a passo



Identificar uma oportunidade de negócio, estruturar um plano de ação e reunir os recursos necessários para tirar o projeto do papel são os primeiros passos para a criação de uma empresa. Na sequência, vem a formalização, que coloca o empreendimento em conformidade com as leis federais, estaduais e municipais. Veja aqui o passo a passo.


A formalização dá mais segurança ao investidor, possibilita o acesso ao crédito e amplia as chances de fechar parcerias. Segundo uma pesquisa recente do Sebrae, após tirar o CNPJ, empreendedores individuais (EIs) conseguiram ampliar vendas, principalmente para empresas, já que a possibilidade de emitir notas fiscais os inclui no mercado. 

Com a legalização, os negócios dos EIs com empresas aumentaram 78%, com o governo, 66%, e com pessoas físicas, 10%, segundo o levantamento.

Porém, o processo é burocrático e exige registros em diversos órgãos. Elói Siqueira, diretor da Moore Stephens, consultoria tributária e empresarial, diz que o acompanhamento de um advogado ou contador pode ajudar.

“Esses profissionais agilizam processos e encurtam caminhos. Assim, o empresário tem mais tempo para investir no desenvolvimento do negócio”, afirma.

Tempo médio para abrir empresa é de 30 dias úteis
O tempo para a abertura de uma empresa é de 30 dias úteis, em geral, desde que não sejam necessárias licenças específicas. Dependendo do ramo de atuação, são exigidos outros documentos, como inscrição estadual para o comércio e registro no Siscomex (Sistema integrado de Comercio Exterior) para atividades de importação e exportação.

Há ainda atividades que precisam de alvarás da Vigilância Sanitária ou mesmo licenças de órgãos ambientais. E o empreendedor precisa estar atento às exigências em cada caso, que podem interferir na estrutura física do negócio.

Na capital paulista, o processo deve ficar mais ágil. A prefeitura aderiu na semana passada ao SIL (Sistema Integrado de Licenciamento), o que encurta o processo no município de 120 dias para 15 dias.  A previsão é que o sistema esteja funcionando em quatro meses.

Com ele, licencas e alvarás para empresas com atividades de baixo risco -- cerca de  95% dos casos -- poderão ser concedidos pela internet. Os documentos e as vistorias prévias serão substituídos por declarações em um certificado digital.

“Se compararmos a abertura com o encerramento de uma empresa, a abertura é muito mais rápida. Mas, geralmente, o empreendedor está tão ansioso para começar suas atividades que tem a percepção de que o processo é demorado”, diz a advogada Beatriz Zancaner Costa Furtado, do Zancaner Costa, Bastos e Spiewak Advogados.

As taxas dos órgãos responsáveis não são altas. “O gasto médio para abertura de uma empresa é de R$ 500. São os honorários dos profissionais contratados para ajudar nesse processo que podem aumentar os custos”, explica Beatriz.

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.