Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Compras on-line podem ser 4% mais caras do que as feitas no supermercado

e-commerce


por InfoMoney



Fazer as compras do mês pela internet, em vez de ir pessoalmente até o supermercado de sua preferência, pode elevar em 4% os gastos do consumidor, segundo indica um levantamento feito pela Pro Teste - Associação de Consumidores.

Por outro lado, alerta a entidade, se for para volumes maiores e sem produtos perecíveis, as aquisições on-line podem se tornar mais vantajosas, especialmente para quem tem problemas de locomoção ou não tem tempo para ir ao estabelecimento.

Isso porque a taxa de entrega é diluída entre diversos produtos e alguns estabelecimentos até deixam de cobrá-la, dependendo do valor da compra.

Desvantagens da rede
No geral, ainda são poucas as lojas que oferecem a opção de compras pela internet para seus clientes, mas a maioria das capitais dispõe de pelo menos uma rede que se encarrega de selecionar os produtos desejados e entregá-los em casa.

Para o estudo, a Associação montou uma cesta com 50 produtos de consumo habitual, de todos os setores (mercearia, perecíveis, bazar, hortifruti, bebidas alcoólicas e não-alcoólicas) e testou o serviço de 15 supermercados, em sete capitais brasileiras - Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo -, no mês de março deste ano.

Na opinião da entidade, dá para se satisfazer com os serviços de compras de supermercado pela internet, com exceção dos produtos perecíveis, já que, em todos os casos, o estado de conservação das mercadorias resfriadas ou congeladas solicitadas deixou a desejar.

Mais problemas
A Associação verificou também que vários estabelecimentos não aceitam dinheiro na hora de quitar as compras.

Essa exclusão, segundo a Pro Teste, poderia ser aceita se o pagamento não pudesse ser realizado no momento em que os produtos são entregues; caso contrário, é uma medida abusiva, já que todos os estabelecimentos comerciais são obrigados pelo Conselho Monetário Nacional a receber papel-moeda.

Outro problema apurado no estudo é o tempo de entrega: ainda que preestabelecido, algumas vezes, pode ultrapassar um dia.

Taxa de entrega
No que diz respeito à taxa de entrega, a Pro Teste lembra que ela custa entre R$ 1,95 e R$ 14, variando de acordo com a distância entre a loja e a residência, com o valor da compra e, às vezes, diz a entidade, com a urgência do cliente.

De uma maneira geral, quanto menor a distância e maior o valor da compra, menor será a taxa de entrega.

Para quem ainda tem dúvidas se vale à pena ou não contratar o serviço, a Associação ressalta que se deslocar de casa até o supermercado e vice-versa também acarreta gastos. Portanto, pesquise e analise a melhor escolha para você.

 

 

 

VAGNER FERNANDES DAVID  Pride Commerce  |  www.pridecommerce.com  |   11 9766-8986  |  18 9781-2575 |  18 8806-8356

 

 

0 Comentario "Compras on-line podem ser 4% mais caras do que as feitas no supermercado"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.