Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Qualidade ruim é principal motivo para brasileiro não comprar produto pirata

comércio

por InfoMoney

A maioria dos brasileiros não compra produtos piratas e o motivo mais apontado para isso é a qualidade ruim, à frente de ter um prejuízo maior que o benefício financeiro.

Em pesquisa realizada pela Fecomércio-RJ (Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro), 54% responderam que não compram produtos piratas. Destes, 45% apontaram a qualidade ruim, 17% apontaram a falta de garantia e 7% citaram o temor de ter um prejuízo maior do que o benefício financeiro, mesma proporção dos que apontaram o prejuízo ao comércio formal.

Por último, 4% disseram que não compram produtos piratas porque temem uma punição. A pesquisa foi realizada em mil domicílios, em um total de 70 cidades de nove regiões metropolitanas, durante o mês de agosto.

Produtos
Os dados ainda mostram que a maior parcela dos brasileiros não compraria de forma alguma equipamentos eletrônicos piratas, produtos apontados por 38% dos entrevistados, de acordo com a tabela abaixo:

Produto

Respondentes que não consumiriam

Eletrônicos

38%

Perfumes

29%

Calçados, bolsas ou tênis

23%

Óculos

23%

DVD

21%

CD

20%

Roupas

18%

Programas de computador

15%

Relógios

14%

Brinquedos

13%

Cigarros

11%

Artigos esportivos

10%

Aparelho de barbear

8%

Isqueiros

8%

Canetas

6%

Fonte: Fecomércio-RJ

A pesquisa ainda revelou que, dos entrevistados que já compraram um produto pirata, 51% já se decepcionaram com uma aquisição.

 

 

 

VAGNER FERNANDES DAVID  Pride Commerce  |  www.pridecommerce.com  |   11 9766-8986  |  18 9781-2575 |  18 8806-8356

 

 

0 Comentario "Qualidade ruim é principal motivo para brasileiro não comprar produto pirata"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.