Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Por que, como freelancer, você deve ter o seu próprio domínio


Então você é freelancer e tem o seu próprio portfólio. Tem também um belo cartão de visitas onde você lista os sites onde têm este portfólio. Então, um dos sites sai do ar ou altera o link. Você pode até desistir de utilizar aquele site, mas o link está lá, no seu cartão. A melhor atitude é ter o seu próprio domínio.
Por Alexandre Bigaiski
Traduzido, baseado e adaptado do artigo Why You Should Build Your Freelancer Career on Your Own Domain”, do blog Freelance Switch.
Quando você trabalha como freelancer, como Designer, por exemplo, provavelmente você tem portfólios espalhados em vários sites da internet. Não é algo ruim, mas você vai colocar todos os links dos seus trabalhos no seu cartão de visita? Não é algo muito conveniente.
Você pode ter um portfólio em um ou vários sites:
http://www.portfoliosdedesigners.seunome.pt.com.br/portfolio01a
http://seunome.portfoliosonline.com/8477206835b
http://sitedeportfoliogratis.seunome.nomedeusuario.com/port
Ou então, você pode juntar todos os seus trabalhos em apenas um site, ou então, redirecionar o seu próprio domínio para um site de portfólio que você deseja:
http://www.seudominio.com.br


Se você tem o seu próprio domínio, ainda poderá ter o seu próprio endereço de e-mail, o que parece mais profissional:
contato@seudominio.com.br
Muito mais simples, direto e profissional.
Se você tem portfólios em vários sites, pode colocar os links em uma seção específica do seu próprio site. Assim, você tem em seu cartão de visita apenas um endereço. Fácil de lembrar, sem confusão e sem perdas.

O perigo de não ter o seu próprio domínio

Um dos principais problemas em não ter um domínio próprio é que o site que contém o seu portfólio pode simplesmente sair do ar. E aquele link que estava no seu cartão de visita não funciona mais. As pessoas que têm o seu cartão de visita podem ficar a vida inteira procurando o link e nunca irão achar. Isso pode trazer um peso negativo em sua imagem de profissional.
Mesmo que não tenha um site próprio, você pode redirecionar o link do seu domínio próprio para o site do portfólio que já possui na internet.
Assim, o seu link de portfólio online é, por exemplo:
http://www.portfoliosdedesigners.seunome.pt.com.br/portfolio01a
E você tem o seu próprio domínio:
http://www.seudominio.com.br
Quando o usuário digitar http://www.seudominio.com.br ele será redirecionado para http://www.portfoliosdedesigners.seunome.pt.com.br/portfolio01a que, neste exemplo, contém o seu portfólio.
Se este site sair do ar de repente, você pode redirecionar o seu próprio domínio para outro site. As pessoas continuam digitando o mesmo link, mas serão redirecionadas para o site que você quer.
A palavra-chave aqui é controle. Você pode controlar para onde quer que o seu domínio redirecione o usuário. Você tem total liberdade para mudar o seu portfólio de site sem alterar o link ou endereço (URL), pois ele é seu.

Não deixe os custos te impedirem

 

Nunca pense que está gastando dinheiro com coisas importantes, tudo o que envolve a sua profissão é investimento. Você paga aproximadamente R$ 30,00 (trinta reais) por ano para ter um domínio próprio. Pode fazer o seu próprio site, fazer sites gratuitamente na internet, ou pedir para alguém fazer para você.
Mas, um site é tão importante assim? Sim, pois ele é o seu cartão de visita na internet. Os prospectos terão todas (ou quase todas) as informações sobre o seu trabalho. Isso dá segurança a eles para escolher sozinhos se querem contratar ou não o seu serviço. O seu site promoverá facilmente um bom retorno sobre o seu investimento.

E você, tem o seu próprio domínio? Comente.

Bons negócios.

0 Comentario "Por que, como freelancer, você deve ter o seu próprio domínio"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.