Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

A formalização do profissional autônomo




Você, leitor, provavelmente é um profissional liberal, autônomo, um empreendedor individual ou, simplesmente, freelancer. Já sentiu falta de poder emitir uma nota fiscal a um cliente que solicita? Já se sentiu desprotegido de alguma forma por não ter auxílio doença, ou gravidez etc.? A formalização traz muitas vantagens a você.

Por Alexandre Bigaiski

Vantagens de se formalizar

COBERTURA PREVIDENCIÁRIA – Auxílio-doença, aposentadoria por idade, salário-maternidade, pensão e auxílio reclusão.
CONTRATAÇÃO DE UM FUNCIONÁRIO COM MENOS CUSTO – Registro de até um funcionário com 3% de previdência e 8% de FGTS do salário mínimo por mês.
ISENÇÃO DE TAXAS PARA O REGISTRO DE EMPRESA – Processo de formalização gratuito. O empreendedor tem concessão de alvará. Outros custos são muito pequenos.
AUSÊNCIA DE BUROCRACIA – Não existe burocracia. O empreendedor deve fazer apenas uma declaração anual sobre o seu faturamento.
ACESSO A SERVIÇOS BANCÁRIOS, INCLUSIVE CRÉDITO – O empreendedor terá condições de obter crédito junto aos bancos. Principalmente em bancos públicos como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco do Nordeste.
COMPRAS E VENDAS EM CONJUNTO – A lei facilita a união de empreendedores individuais (autônomo formalizado) com vistas à formação de consórcios com o fim específico de realizar compras.
REDUÇÃO DA CARGA TRIBUTÁRIA – O valor que se paga é muito baixo. Além disso, ele tem acesso a créditos bancários, que poderão ser um propulsor para a sua pequena empresa.
CONTROLES MUITO SIMPLIFICADOS – Não há necessidade de contabilidade formal. O custo é reduzido e a formalização é rápida e simples, sem burocracia.
EMISSÃO DE ALVARÁ PELA INTERNET – Para o empreendedor individual o alvará será autorizado gratuitamente. O mesmo acontece para o registro na Junta Comercial.
CIDADANIA – Ser um empreendedor formalizado significa andar de cabeça erguida e poder dizer eu sou cidadão, eu exerço a minha profissão de acordo com as leis do meu país.
MAIS FÁCIL VENDER PARA O GOVERNO – Para vender serviços e produtos para o governo é preciso estar formalizado.
SERVIÇOS GRATUITOS – No início, o empreendedor individual terá assistência gratuita de empresas contábeis para incentivar o empreendedor e melhorar as condições de negócio no país.
APOIO TÉCNICO DO SEBRAE NA ORGANIZAÇÃO DO NEGÓCIO – O SEBRAE dá cursos e planejamentos de negócios para capacitar os empreendedores.
POSSIBILIDADE DE CRESCIMENTO COMO EMPREENDEDOR – Como todo esse apoio e o fato de estarem no mercado de forma legal, as chances de crescer e prosperar aumentam.
SEGURANÇA JURÍDICA – A formalização está amparada em Lei Complementar que impede alterações por Medida Provisória e exige quorum qualificado no Congresso Nacional.
Os itens acima foram pesquisados no site Portal do Empreendedor.
Como complemento, você pode assistir a reportagem abaixo.
Se você quiser saber exatamente como funciona o processo eletrônico de inscrição de microempreendedor individual, veja o manual em PDF abaixo.

Manual

Como se formalizar como empreendedor individual
Então, você já é formalizado? Pretende se formalizar? Acha que é vantagem ou que não é necessário? Deixe o seu comentário.


1 Response to "A formalização do profissional autônomo"

Anônimo disse...

muito útil tanto o post quando PFD!

SHOW!

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.