Hospedagem Grátis

Loja Virtual Grátis

Loja Virtual Grátis
Patrocinador

Mark Zuckerberg acusado de vender mil milhões de acções…

…antes da entrada do Facebook em bolsa.

Não foi preciso mais do que duas semanas para que todo o esquema por detrás da operação da entrada do Facebook em bolsa fosse posto em causa e fossem instaurados dois processos judiciais.
O primeiro processo foi levantado por vários investidores que alegam que Mark Zuckerberg vendeu mil milhões de dólares de acções antes da rede social entrar em bolsa.



No mesmo processo, as acusações vão mais além, e os mesmos investidores acusam não só o criador da rede social mas também todo o executivo e todos os bancos associados à entrada do Facebook em bolsa, Morgan Stanley, JPMorgan e o Goldman Sachs, de terem ocultado ao público informações importantes relativas à sobrevalorização feita à empresa para favorecer um valor mais elevado da Oferta Pública Inicial.
O assunto “sobrevalorização” já não é novidade, pois foi o que desde o início os analistas afirmaram, no entanto, com a grande corrida às ações do Facebook, os analistas enganaram-se na primeira análise e previram uma valorização natural das ações da rede social, até o dia de hoje, as ações do Facebook tiveram uma queda de 30% e valem neste momento 27 dólares com tendências a mais uma queda de 2 dólares na próxima sessão.
Mas as coisas não ficam por aqui.
As informações foram avançadas pelo site TMZ, que foi informado da existência de um segundo processo relativo a esta operação. Mais uma vez no processo surgem os nomes de Mark Zuckerberg, Morgan Stanley, JPMorgan e Goldman Sachs.
Os vários investidores apresentaram desta vez como provas de como o CEO do Facebook sabia da subvalorização e da desvalorização iminente, documentos arquivados pelo fundador onde listavam um dumping de 30,2 milhões de dólares de acções poucos instantes depois de ter sido anunciado o volume de oferta inicial, rendendo nada mais, nada menos do que 1,13 mil milhões de dólares.
Esta desvalorização rápida das acções e da própria rede social, leva-me a concluir que todo este crescimento não foi mais do que uma bolha, e que com esta desvalorização e com a instabilidade dos investidores e accionistas, a bolha poderá rebentar mais cedo do que aquilo que todos esperam.

0 Comentario "Mark Zuckerberg acusado de vender mil milhões de acções…"

link patrocinado

Saldão de Eletros

Sua loja grátis

Copyright

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.pridecommerce.com), no fórum de discussões, no boletim de notícias enviado por email e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).



Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).



Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião da Pride Commerce e de sua direção.